Aminoácidos: Fonte de vida para suas plantas…

Neste novo artigo vamos nos concentrar em falar sobre um dos elementos mais desconhecidos da nutrição das plantas, e possivelmente um dos mais importantes: os aminoácidos. Há muitas maneiras de se olhar para os compostos amino-ácidos que é como os chamamos de modo geral. Um aminoácido é um tipo de ácido orgânico (húmico ou fúlvico) ou sintético (agentes quelantes) que contém um grupo funcional “ácido” e um grupo funcional “amina” nos átomos de carbono adjacentes. Os aminoácidos são considerados os “os blocos de construção” das proteínas.

Os elementos principais de um aminoácido são o carbono, oxigênio, hidrogênio, e azoto; embora seja bom salientar que outros elementos podem ser encontrados nas cadeias laterais de certos aminoácidos.

As plantas, assim como qualquer organismo vivo, precisam de certos componentes para que seu desenvolvimento e crescimento ocorram de forma plena em todos os estágios de seu ciclo vital, no caso das plantas, um solo (ou substrato) apto para o plantio, sol, água e ar.  O componente básico para formação das células vivas são as proteínas, e para que estas sejam formadas, são necessários os aminoácidos. As proteínas são formadas por sequências de ácidos-aminados, ou dito de outra forma, aminoácidos.

O efeito sobre as plantas…

Os aminoácidos em quantidades adequadas são essenciais para a boa nutrição das plantas, e por consequência, para aumentar o rendimento e qualidade geral das colheitas.

Biobizz-BIO-HEAVEN

Aminoácidos são ingredientes fundamentais no processo de síntese de proteínas. Cerca de 20 aminoácidos estão importantemente envolvidos nos processos das funções básicas das plantas. Numerosos estudos de todo o mundo têm demonstrado que os aminoácidos podem direta ou indiretamente influenciar nas atividades fisiológicas das plantas.

Os aminoácidos podem ser fornecidos às plantas incorporando-os ao solo, como nos casos de solos ricos em materiais de compostagem, húmus de minhoca ou similares. Eles ajudam a melhorar a microflora do solo, facilitando a assimilação de nutrientes que de outra forma seriam de difícil assimilação pelas plantas, este tipo de ação tem o nome de quelação.

O que é a quelação nos fertilizantes?

A quelação é um estado dentro do qual os átomos metálicos (zinco, ferro, cobre, magnésio, etc.) encontram-se, e neste modo as plantas podem melhor absorve-los.

Efeito quelante: os aminoácidos têm um efeito quelante sobre os micronutrientes. Ou seja, quando são aplicados em conjunto com micronutrientes, a absorção e o transporte destes para o interior da planta acontecem muito mais facilmente.

Os fertilizantes que contêm ácidos húmicos e fúlvicos ricos em aminoácidos conseguem “quelar” estes compostos, e assim as plantas podem melhor dissolvê-los e incorporá-los, além de enriquecer o solo com uma grande flora-bacteriana benéfica para as plantas e para o próprio solo.

cadeia_alimentar_humus

No mercado existem quelatos sintéticos que ajudam na absorção de nutrientes, mas nós recomentamos a utilização de quelatos orgânicos, e neste caso os quelantes do Bio Hevean da Biobizz são sem dúvida alguma um dos melhores produtos orgânicos disponíveis no mercado. Outra alternativa é utilizar compostos orgânicos do tipo húmus de minhoca, rico em ácidos húmicos, para a preparação do solo. Uma boa mistura de substratos que vai aportar aminoácidos e está ao alcance de qualquer bolso seria a seguinte fórmula: 50% de fibra de coco ou Sunshine, 30% de húmus de minhoca, e 20% de perlita ou vermiculita. Espero ter esclarecido algumas dúvidas sobre o complexo assunto dos aminoácidos.

Não esqueça que o mais importante é o carinho, a delicadeza e a atenção na sua cultura.

Alex Balduzzi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.