Sementes ou Estacas qual produz mais?

Esta pergunta já foi realizada um milhão de vezes em multiplex ocasiones, e não há uma resposta concreta para esta questão já que “depende” de outros fatores para puder contestá-la com certa objetividade. Primeiramente faremos um ensaio para ver a “grande diferença” entre sementes e estacas já que com as imagens se explica melhor que com as palavras

Todos sabem que a diferença, mas obvia é que uma é reprodução sexual (sementes) e a outra asexual (estacas), mas o que mais as diferença é o sistema radicular de uma e outra, e determinante para diferençar a evolução de ambas.

ENSAIO:

Pegaremos um pacote de sementes e germinamos tão só uma semente.

Quando a planta esteja crescida, cortaremos uma estaca e botaremos a enraizar. Neste mesmo momento começaremos a germinar uma semente do mesmo pacote de onde provém a estaca.

Desta forma tentamos que a genética seja a mais similar possível já que isto ajudara a dar mais objetividade ao resultado final.

Utilizamos para o ensaio um vaso de 1 litro tanto para a semente como para a estaca. Na fotografia de baixo se vê perfeitamente como a quantidade de substrato há sido a mesma para as duas e no vaso da semente se pode comprovar como há um substrato na parte superior que não esta colonizada pelas raízes já que este foi adicionado 7 dias antes de fazer este ensaio para comprovar outra questão. Ainda assim na foto se observa claramente como a raiz da semente tem colonizado todo a área do substrato e a estaca não.

 

toni134174

 

Após lavar cuidadosamente as raízes, a diferença entre o sistema radicular da semente e o da estaca, resulta incrivelmente grande, existe uma grande diferença entre ambos.

O segredo radica na radícula inicial que obtivemos na germinação da semente. Esta há formado um incrível sistema “de raízes primarias” que tem gerado uma forte coluna vertebral que vai dando lugar a um poderoso sistema radicular que vá gerando outras raízes secundarias com infinidade de pelos absorventes (os que absorvem os nutrientes) que dão forma a esta a um grande complexo de raízes.

 

toni134176

 

Da raiz da estaca pouco podemos dizer já que teríamos que haver deixado esta mais tempo para que o sistema radicular se houvesse desenvolvido mais para ter colonizado todo o substrato. Ao lavar as raízes da estaca, observamos como se desprendiam muitas raízes pequenas e apenas havia produzido raízes primarias.

 

toni134179

 

Comprovado o anterior poderíamos dizer que a semente produzira mais?

Dependera do tipo e meio de cultivo:

No cultivo de exterior “sim”, no cultivo de interior “não”.

Ponhamos o caso que pegamos a semente mais produtiva que há, e, a estaca mais produtiva que temos também:

No cultivo em exterior em terra a semente poderá mostrar todo seu potencial e poderá se converter uma planta grande e muito voluminosa da que colheitaremos grandes frutos, mas no cultivo de interior onde não temos uma fonte luminosa tão grande como no exterior nossas plantas não se desenvolverão tanto em altura, portanto, a produção de frutos será muito menor.

Conclusões:

No cultivo de exterior sempre será mais produtivo usar sementes.

No cultivo de interior é fundamental conhecer a altura final da planta e com uma semente é muito complexo saber isto, com uma estaca é mais fácil.

No cultivo de interior há uma fonte luminosa com um campo de penetração concreto e a altura final da planta deve ir ligada á penetração luminosa da fonte.

O meio de cultivo também é importante:

Num meio de cultivo orgânico com substrato de terra a semente sempre será a melhor opção já que esta produz uma raiz mais grande e forte em menos tempo o que facilitará a expansão desta num substrato que poderíamos dizer de duro ou compacto, pelo que o crescimento geral da planta será maior que se colocáramos estacas.

Em meio de cultivo hidropônico já dependerá muito do tipo de substrato que usemos já que hoje em dia existem substratos como o Mapito (la de rocha), perlita ou fibra de coco que são muito leves e facilitam muito a expansão do sistema radicular em pouco tempo, pelo que usando este tipo de substrato a diferença entre sementes e estacas não será muito grande.

Por ultimo, no cultivo aeroponico a diferença entre sementes e estacas será ainda menor  já que a raiz cresce pendurada no vazio e tem toda liberdade para crescer sem obstáculos, problemas, etc.

A homogeneidade é um fator importante também:

Sementes não há duas iguais e sempre haverá diferencias na altura, produção, necessidades de nutrição, diferencia nas irrigações, etc.

As estacas ao serem feitas da mesma planta mãe conhecemos de antemão todos os requisitos e necessidades que vamos afrontar.

Com tudo isto orientamos sempre antes da escolha avaliar vem todos os fatores como meio de cultivo onde vai ser feita a cultura, clima da região, umidade, temperatura, horas de luminosidade, qualidade da água a ser usada, variedade de planta, etc. Apos ter avaliado todos estes fatores poderemos tomar uma decisão de qual das opções sera melhor para nosso cultivo.

 

 

Alex Balduzzi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.